Descobrindo Jericoacoara

Fotos e Texto de Silvan Wick

Fui a Jericoacoara pela primeira vez no outono de 1998, acompanhado de minha namorada Sanghita. Chegamos a Fortaleza poucos dias após o encerramento de uma das etapas do World Cup de Windsurf. Ainda dava para sentir o clima da competição recém encerrada.

Descobrindo Jericoacoara

Manfred, um imigrante alemão, falava sobre o evento. Ele e seu sócio brasileiro eram donos de uma loja e “guardaria”, o qual se tornara um badalado ponto de encontro local.

Era nosso primeiro dia na cidade, e Manfred nos explicou que, melhor do que conhecer os locais para velejar da cidade, seria ir até um lugar místico chamado Jericoacoara, uma vila fincada entre as dunas, cujas ruas de areia terminavam no mar.

Descobrindo Jericoacoara Ceara

Aceitamos o conselho dele, e naquela mesma noite estávamos num ônibus a caminho de Jericoacoara. Sabíamos que seria uma viagem longa, mas que valeria a pena. Em Jijoca trocamos o conforto do ônibus de turismo pelos bancos de madeira na traseira de uma pikape, e assim completamos a viagem pelas dunas.

Guiados pela lua cheia, chegamos à Jericoacoara em torno das 3 horas da madrugada. Um grande número de pessoas nos esperava na praça, oferecendo acomodações em suas casas ou pousadas.

Windsurf em Jericoacoara

Neste cenário incrível, andamos até a Pousada dos Ventos, com a ajuda da lanterna do nosso guia e a lua cheia.


Windsurf em Jericoacoara

"O vento aumentou gradativamente pela manhã, e a tarde eu saí para velejar entre as ondas e os fortes ventos." . Fotos e Texto de Silvan Wick


Dormir até tarde, nem pensar. Acordei cedo, ansioso para explorar nosso novo paraíso. Olhando pela janela do nosso quarto, via-se uma duna imensa a pouca distância.

Windsurf em Jericoacoara

Um pouco a direita, numa área plana, havia um lindo palmar, e mais adiante via-se o mar, na forma de uma baía, saindo do pé da grande duna, a se perder de vista na luz ainda fraca do dia que amanhecia.

Jericoacoara encontrava-se completamente silenciosa, com exceção da brisa amena que suavemente acariciava as palmeiras. Deitei numa rede em frente ao nosso quarto simples e tomei um banho de tranqüilidade.

silvan wick jericoacoara

Logo descobri que Sanghita também estava enfeitiçada pela magia do lugar, com suas paisagens deslumbrantes, e essa impressão se manteve inalterada com o passar dos dias. Finalmente tinhamos encontrado um lugar que satisfazia aos dois, algo raro para quem viaja com um praticante de windsurf e kitesurf.

As fotos das viagens de Silvan Wick podem ser vistas numa variedade de publicações internacionais. Todas as imagens nesta página são por cortesia de Silvan Wick, com todos os direitos reservados.

Mais sobre Silvan Wick Silvan Wick.com

embratur
Ministério do Turismo
Certificado Embratur No 06.026202.10.0001-7.


Pesquisa personalizada

New! Comments / Novos! Comentários

Leave me a comment in the box below. / Deixar um comentário!



/
/
/